Dicas para preservar e limpar porcelanato

A versatilidade de padrões, formatos e combinações, eles se destacam na escolha dos acabamentos para casa devido sua praticidade, qualidade e durabilidade. Mas apesar de serem extremamente resistentes à química, é importante ter conhecimento de que nem todos os produtos geralmente utilizados são indicados para limpar porcelanato.

Para que os seus revestimentos mantenham as características originais por mais tempo de forma geral deve-se evitar o uso de produtos que contenham ácidos ou cloro em alta concentração – tais como soda cáustica, acetona, amoníaco – pois estes podem atacar quimicamente a superfície dos produtos, deixando-os com manchas esbranquiçadas, foscas ou com distorções em relação ao brilho. Tais problemas são irreversíveis e não podem ser recuperados.

Sabão e saponáceos em pó também devem ser evitados, já que os granulados podem danificar e arranhar as superfícies dos porcelanatos, assim como as escovas e esponjas com cerdas de aço, além de torná-los mais lisos, podendo causar acidentes.

Para saber como limpar porcelanato corretamente e manter a beleza dos pisos em cada ambiente específico, separamos algumas dicas:

Como limpar porcelanato em cozinhas e áreas gourmet 

Se cair algo gorduroso, como um alimento sobre o piso, a solução mais adequada é limpar o quanto antes para evitar a impregnação. Se necessário, utilizar detergente neutro destinado para porcelanato ou ainda sapólio líquido, que também auxilia na limpeza. Os produtos devem ser diluídos em água. Em caso de respingos de bebidas (como café, sucos, cerveja, vinho etc.), é aconselhável utilizar detergente alcalino em água quente ou álcool.

Como limpar porcelanato em banheiros, suítes e lavabos

Os pisos, principalmente na área próxima aos sanitários e no box, podem ser limpos com detergente neutro para porcelanato com o auxílio de sapólio líquido diluído em água e de uma esponja macia ou fibra. Caso existam áreas muito impregnadas (principalmente na área do banho), é indicado utilizar sapólio cremoso diluído em água na proporção indicada na embalagem (deixando agir por pelo menos cinco minutos).

Como limpar porcelanato em áreas comuns

Para remover sujeiras soltas como poeira ou papel, o ideal é utilizar vassoura de pelos ou aspirador com bico de escova, que evitam arranhões sobre o porcelanato. Logo após, a limpeza pode ser realizada com uma esponja ou um pano macio úmido com detergente específico para pisos ou com produtos comuns de limpeza – como limpadores perfumados – diluídos em água. Ao final, é necessário remover o excesso com pano seco, pois os produtos podem secar sobre os revestimentos e ocasionar o surgimento de uma película de difícil remoção.

Para evitar arranhões, o ideal é adotar capachos e tapetes pequenos na entrada e saída dos acessos às áreas externas, que retêm parte da sujeira.

Como limpar porcelanato em áreas externas

A limpeza dos revestimentos em espaços ao ar livre – onde quase sempre são utilizadas peças mais ásperas e resistentes ao escorregamento – pode ser realizada com uso de detergente específico para limpeza de revestimentos aplicados nessas áreas. Devem ser diluídos em água e utilizados com o auxílio de escovas, vassouras e buchas macias, ou mesmo limpadoras de alta pressão. Em caso de manchas mais resistentes como borracha de pneu, graxa e óleo, o ideal é utilizar os mesmos produtos, porém de forma mais concentrada.

 

Confira as tendências para revestimentos de piscina!

Por muito tempo se viu apenas azulejos de tons azuis claros reinando nos revestimentos para piscinas. Mas hoje isso mudou, várias tendências e cores apareceram no mercado, e pudemos dizer adeus de vez ao comum.

Peças com estampas e desenhos geométricos permitem diversas formas de aplicação e levam para a piscina ares de exclusividade. Já pensou em algo autêntico e diferente para sua piscina? Os tons mudam completamente o visual da água e do ambiente! Verdes estão com tudo e o branco também aparece em alta com o movimento “menos é mais”.

Revestimentos para piscina com estampas e desenhos

As estampas de peixes e outros elementos marinhos sempre fizeram parte das piscinas, mas lançamentos com grafismos modernos e releituras, aparecem superatuais, para quem prefere apostar nos azulejos com desenhos.

Revestimentos para piscina verde

As variações de verde ganham ainda mais espaço nas piscinas presentes em azulejos. O tom está com tudo em todas as áreas de decoração e junto com outras tendências urbanas naturais. Dessa forma, propõe-se uma sensação de contato direto com a natureza em uma relação entre água e vegetação, além de sair do óbvio, é claro!

Revestimentos para piscina minimalista

O estilo que prega o minimalista e contemporâneo não abre mão das cores básicas e neutras como o branco. A ideia aqui, é deixar claro os estilo mood clean e a tranquilidade para as piscinas, sem deixar de lado o cuidado com a escolha de peças que chamam a atenção não pela cor vibrante, mas pelas texturas e efeitos incríveis de superfície.

Agora que você já viu que dá para fazer algo diferente, que tal tentar no seu projeto?

 

Cozinha pequena e agora?

Com os apartamentos e casas cada vez menores, o ambiente que mais sofre com a redução de metragem é a cozinha. Sendo um espaço vital para a família ele pode ser facilmente colocado em ordem com algumas dicas simples e fáceis de serem colocadas em prática.

Aposte em itens dois em um

Nós sabemos que é preciso ter muita atenção a cada item inserido na cozinha pequena. Afinal, qualquer centímetro é disputado. Por isso, uma boa dica é encontrar itens que unam algo necessário, com um toque de estilo, como o misturador monocomando de mesa com filtro para cozinha Twin. Dessa maneira você insere no ambiente algo necessário para a saúde e bem-estar de sua família e não abre mão do projeto decorativo que imaginou.

Use organizadores

Um ambiente pequeno precisa de organização. Afinal, não há nada pior do que um monte de utensílios espalhados. Já reparou que quando entra em lugares assim eles parecem ainda menores do que são?

A dica é apostar em: apoiadores de facas, caixas organizadoras dentro dos armários e em itens que facilitem que todos os utensílios da cozinha fiquem bem organizados. Ganchos e ventosas também são uma boa dica, principalmente para frigideiras, colheres de pau, tábuas, facas e tesouras.

 

Suportes verticais

Muitas pessoas reclamam que até mesmo os espaços nos armários parecem pequenos. Para solucionar esse problema, use suportes verticais, que podem ser colocados nas portas e guardar, por exemplo, pacotes de bolachas e temperos.

Se mesmo assim você ainda precisar de espaço, as prateleiras podem ser uma boa saída. Elas podem ser colocadas logo acima da pia ou como complemento de armários mais baixos.

Quem gosta de cozinhar não abre mão de ter um espaço para preparação, mas nós sabemos que nem sempre é possível ter a metragem que precisamos para isso. No entanto, é possível vencer esse obstáculo com produtos que tornam a mobilidade mais fácil e até com acessórios que deixem o ambiente com uma proposta maior de praticidade, por exemplo, o sifão articulado é uma ótima opção!

Gostou das nossas dicas? Então continue navegando pelo blog da Revest e encontrando conteúdos que te ajudem no dia a dia.