img_3554_dica

ASSENTAMENTO

Para garantir a qualidade do serviço e a durabilidade do revestimento, confira algumas dicas de assentamento.

ANTES DE REALIZAR O ASSENTAMENTO

Para garantir a qualidade do serviço e a durabilidade do revestimento, antes de realizar o assentamento é importante seguir algumas dicas:

16 Assentamento

Verificar nas etiquetas das embalagens se o código, tonalidade e bitola são os mesmo em todas as caixas;

– Guardar sempre uma caixa contendo as informações do produto para caso haja necessidade de comprar complemento no futuro;

17 Assentamento

Conferir se o produto está isento de quebras ou lascas ocasionadas pelo transporte;

– A cada embalagem aberta, verificar se existem peças com algum tipo de defeito, como quebras e lascas. Se houver, separe-as para os recortes;

18 Assentamento

Se for possível, coloque os produtos no espaço onde serão assentados, sem argamassa, pois dessa forma você poderá planejar a paginação e identificar possíveis problemas na peça;

– No que se refere a defeito visual, se existir, deve ser comunicado para a loja antes do assentamento. O assentamento significa a aceitação do produto;

19 Assentamento

Flechas: no verso das peças de formato quadrado, há o desenho de uma seta que orienta a correta direção para o assentamento. É muito importante seguir essa indicação para obter o perfeito nivelamento das peças e um visual harmonioso no ambiente;

– Nos casos em que o revestimento cerâmico for especificado para diversos tipos de ambientes, recomenda-se iniciar o assentamento pelo ambiente interno central em direção ao mais externo, ou seja, iniciar na suíte em direção a entrada da residência;

– Caso o produto adquirido tenha variação visual, siga as dicas de assentamento no item 3.8.

21589-decoração-barata-casa-aberta-viva-decora

Decoração Barata: Dicas criativas para fazer na sua casa

Quer uma decoração para casa que tenha tudo a ver com a sua personalidade, mas a falta tempo e dinheiro? Fazer uma decoração barata com ideias criativas para que sua salaquarto ou cozinha fiquem ainda mais lindos não é tão difícil quanto parece. Aqui vão algumas dicas de decoração que você pode fazer sozinho em sua casa, basta ter paciência, bom gosto e um pouquinho de criatividade.

Regra de Decoração nº1: Fique atento ao tamanho do ambiente!

Parece bobo dizer isso, mas a gente sempre esquece de ver as medidas do ambiente quando vamos decorar. Então, fique atento ao tamanho antes de definir os móveis. Se o espaço for pequeno, o cuidado na escolha deve ser ainda maior. Anote as medidas e as leve com você na loja de móveis, ou então utilize um aplicativo. O importante é utilizar bem os espaços na hora da decoração, com um toque da sua personalidade e  ideias criativas, independente do tamanho da sua casa.

ideias criativas decoração barata aplicativos celular

Existem diversos aplicativos de celular que permitem colocar suas ideias criativas em prática

O aplicativo Photo Measures Lite ajuda a guardar as medidas de cada espaço. Conheça outros Aplicativos de Decoração para sua Casa clicando aqui.

Decoração Barata com Reciclagem: Use objetos que já possui e seja criativo!

Fazer reciclagem é um ótima opção para fazer uma decoração barata e bonita na sua casa. Com ideias criativas, você pode aproveitar objetos que estão sem uso ou que iriam para o lixo dando lhes uma nova função. Garrafas e caixotes podem se transformar em peças incríveis para a sua casa, com muita personalidade e charme.

21589- decoração barata -casa-aberta-viva-decora

Com ideias criativas, você consegue decorar a casa gastando pouco. Projeto por Casa Aberta.

As garrafas de vidro viram vasos estilosos, objetos de decoração barata e cheios de charme nesse home office simples. Viu só? Ter um espaço para trabalhar bonito e organizado é super fácil! Projeto em Criciúma, São Paulo.

decoração barata abajur de garrafa

O abajur com garrafa é inovador, custa pouco e pode decorar a sala de estar ou o quarto de solteiro.

dsc_8282-_dica

MANUTENÇÃO E LIMPEZA

Manter o seu revestimento sempre belo é muito simples. A correta manutenção e limpeza garantem as características técnicas e estéticas por muito mais tempo. Confira como cuidar do seu revestimento em diversas situações.

CUIDADOS DURANTE A OBRA

40 Cuidados durante a obra

– É importante manter a obra sempre limpa e de preferência livre de materiais abrasivos.

– Para evitar o contato direto com materiais abrasivos que podem danificar o revestimento quando entram em atrito com a circulação de pessoas, recomenda-se que os pisos cerâmicos sejam assentados no final da obra. Etapas como pintura e gesso devem anteceder aos pisos.

– Em casos específicos, onde o piso precisa ser colocado em meio à obra, recomenda-se que a superfície seja mantida limpa e que sejam protegidas com lonas, evitando que a sujeira abrasiva fique em contato direto com os revestimentos e possam danificá-los.

3b

7 boas ideias de reforma de banheiro

Selecionamos 7 banheiros reformados com boas ideias para quem quiser colocar a mão na massa

Está pensando em reformar seu banheiro mas não tem ideia do que fazer? Selecionamos sete ambientes transformados que já apareceram no casa.com.br e apresentamos alguns ideias de como tornar este canto de casa mais moderno, sofisticado e agradável.

1. O poder de um camarim. A arquiteta Cristina Bárbara foi encarregada de reformar este banheiro em São Paulo. “O apartamento comprado estava um pouco deteriorado pela má conservação, então o novo proprietário pediu que fizéssemos uma remodelação total”, conta Cristina. Todos os revestimentos, bastante antigos, foram trocados.

Divulgação

1a-reforma-banheiro

Para transformar aquele banheiro num ambiente mais moderno e confortável, Cristina ampliou o espaço, tomando alguns metros quadrados do quartinho de serviço. Com esse ganho, ela instalou o camarim espelhado. O piso recebeu porcelanato e, para a bancada, a escolha foi o mármore piguês. O novo projeto de iluminação inclui luzes diretas no forro e indiretas no espelho do camarim. A arquiteta indica materiais claros para os banheiros, pois dão sensação de amplitude.

Divulgação

1b-reforma-banheiro

2. Funcionalidade em primeiro lugar. Apesar de novo, este apartamento em São Paulo não atendia às necessidades dos moradores, que queriam um banheiro mais funcional, com banheira e boxe próximos. Antes eles ficavam em lados opostos. Os revestimentos originais incluíam porcelanato polido no piso e bancada, borda da banheira e rodapés de mármore travertino nacional. A área do boxe também era revestida com porcelanato e as outras paredes receberam pintura brilhante.

Divulgação

2a-reforma-banheiro

Os arquitetos Alessandra Marques e Rodrigo Costa foram responsáveis pela repaginação geral do banheiro. Tudo foi trocado de lugar para deixar o ambiente mais funcional, como os moradores queriam. O espaço do boxe aumentou ao tomar o lugar original da banheira. Com duas duchas e um banco de mármore, a área de banho ficou mais próxima da janela para receber mais ventilação. Para que a banheira ficasse próxima das duchas, ela foi instalada no lugar da bancada. “Indicamos, sempre que possível, essa disposição”, diz Alessandra. As pias foram transferidas para o lado oposto, onde antes ficavam a bacia e o bidê (que foi eliminado).

Divulgação

2b-reforma-banheiro

3. Novos revestimentos. Este lavabo no Rio de Janeiro passou por uma reforma radical. “Mudamos todos os revestimentos”, conta a arquiteta Paola Ribeiro, do escritório que leva seu nome. Antes apenas uma cerâmica simples e pintura revestiam piso e paredes.

Divulgação

3a-reforma-banheiro

O novo lavabo ganhou muito mais cor com o piso de ladrilho hidráulico e a pintura em tom verde. Lambris de madeira de demolição revestem parte das paredes e, somados à bancada de madeira da pia, tornam a decoração mais aconchegante. A iluminação também mudou. “Adicionamos mais pontos de luz e agora a iluminação é feita com lâmpada dicroica”, explica Paola.

Divulgação

3b-reforma-banheiro

4. A hora do branco. A ideia da reforma deste banheiro era renovar o ambiente e deixá-lo ao gosto do casal de moradores. A tarefa ficou a cargo dos arquitetos André Leite e Bruna Ximenes, do escritório Ximenes Leite Arquitetura, em São Paulo. Antes, mármore travertino revestia as paredes e granito marrom cobria o piso. O bege se estendia também às louças.

Divulgação

4a-reforma-banheiro

A principal medida foi substituir os tons antigos pelo branco predominante com o detalhe verde bermuda das pastilhas na parede do vaso sanitário. O piso foi revestido com porcelanato 60 x 60 cm e o branco se repetiu na bancada de aglostene e nas louças. Além da troca dos revestimentos, o ambiente passou por uma reforma mais profunda. A banheira foi eliminada para dar lugar à pia com duas cubas de sobrepor. A iluminação também foi toda repensada. “Reorganizamos a distribuição das luzes e criamos pontos de interesse. Iluminamos bem as bancadas e os chuveiros, e marcamos as passagens”, explica André Leite.

Divulgação

4b-reforma-banheiro

5. Investimento na iluminação. Quando renovou o ambiente dos dois filhos, a arquiteta paulista Alice Martins, sócia de Flávio Butti, ampliou a entrada de luz e elegeu acabamentos descolados. Para ver o jardim, a janela (1,80 x 1,50 m) encontra-se a 60 cm do chão. “Uma cortina de voal cobre a parte inferior e dá privacidade”, explica Alice. Por mais claridade, há dois pendentes no teto, fixados em L, e arandelas sobre os espelhos (peças da Reka). As bancadas, individuais, têm estrutura de ferro, tampo de mármore (Tiga) e cuba de sobrepor (Deca).

Divulgação

5-reforma-banheiro

6. Redistribuição das peças. Os dentes que separavam a banheira do boxe e as louças amarelas denunciavam a idade deste banheiro paulistano dos anos 60. Depois de reorganizar o espaço (veja a planta), o arquiteto Diego Revollo uniformizou paredes e piso. “Usar pastilha de porcelana cinza 2 x 2 cm em tudo não limita as áreas e dá amplitude”, justifica. Para reforçar a horizontalidade, a bancada de ipê-champanhe, presa por grapas metálicas, e o gabinete de madeira laqueada (ambos da Marcenaria Inovart) seguem de uma ponta a outra. O vão entre eles (26 cm) tornou o móvel mais leve. “Ali, os donos deixam à vista os itens do dia a dia”, fala Diego. No boxe, o vidro fixado num perfil de inox em U (sotecma) vai do piso ao teto e deixa uma passagem livre de 65 cm.

Divulgação

6-reforma-banheiro

7. Bancada renovada. Este banheiro de 6,45 m², assim como todo o apartamento, era novo, mas faltava personalidade. Questão resolvida pelo arquiteto Ricardo Miura e pela designer Carla Yasuda, de São Paulo, que mantiveram o layout e a banheira para baixar custos. A antiga bancada deu lugar a uma peça de Corian Glacier White (Dupont), feita pela Pró Art’s. No vão entre as cubas (Deca), uma tampa se abre (1) e dá acesso aos itens de maquiagem. Fixada com grapas, ela mede 50 x 43 cm – o estojo tem 10 cm de altura. Como não há nada sob a bancada, a dona a usa como penteadeira ou pode acomodar gaveteiros volantes embaixo dela.

Divulgação

7-reforma-banheiro

07-tendencias-para-cozinhas-que-podem-pegar

7 tendências para cozinhas que podem pegar

Projetos atuais trazem composições sóbrias, que vieram para ficar na sua casa por bastante tempo

Muita gente tem medo de ousar na decoração da cozinha, porque não é tão simples mudar armários e revestimentos com frequência. Mas as tendências mais atuais trazem composições sóbrias, que vieram para ficar na sua casa por bastante tempo. Confira algumas ideias para o ambiente que podem pegar:

1. Materiais misturados

Divulgação

Criada pela italiana Polaris Life, a cozinha Doga traz madeira, metal e mármore carrara.

Criada pela italiana Polaris Life, a cozinha Doga traz madeira, metal e mármore carrara.

Combinar materiais como madeira, vidro, pedra e metal é uma tendência para 2016.

 

2. Alturas variadas

Divulgação

A cozinha Trail, da italiana Varenna, conta com uma bancada que pode ser posicionada no centro do móvel ou nas extremidades, criando um mix de alturas.

A cozinha Trail, da italiana Varenna, conta com uma bancada que pode ser posicionada no centro do móvel ou nas extremidades, criando um mix de alturas.

Tampos e bancadas de alturas diferentes fizeram sucesso este ano na Eurocucina, evento voltado ao segmento de cozinhas que acontece em Milão.

 

3. Cores neutras + madeira

Divulgação

A cozinha Bondi, da marca alemã Leicht, tem partes de madeira e acabamento de verniz fosco.

A cozinha Bondi, da marca alemã Leicht, tem partes de madeira e acabamento de verniz fosco.

Misturar tons sóbrios, principalmente pretos e cinzas, com a madeira está em alta.

 

4. Tudo inox

Divulgação

04-tendencias-para-cozinhas-que-podem-pegar

Cozinhas inteiras de aço inox, que trazem um ar de cozinha profissional, também marcaram presença em Milão.

 

5. Armários pretos

Reprodução www.apartmenttherapy.com

05-tendencias-para-cozinhas-que-podem-pegar

O uso da cor nos móveis da cozinha – e em tudo o mais neste ambiente – parece ter vindo para ficar.

 

6. Subway tiles

Reprodução www.apartmenttherapy.com

06-tendencias-para-cozinhas-que-podem-pegar

Os revestimentos, inspirados nos antigos azulejos das estações de metrô americanas e europeias, combinam com praticamente qualquer estilo e podem ser posicionados de diversas maneiras.

 

7. Armários com portas de vidro

Reprodução www.apartmenttherapy.com

07-tendencias-para-cozinhas-que-podem-pegar

Além de iluminar um pouco o visual da cozinha, este tipo de armário permite deixar as louças à mostra mas protegidas do pó.